Templo perdido localizado na Covoada
Author Message
Zephyr
Away
Bots, bots everywhere.
Supervision



Portugal

Posts: 1.668
Joined: Feb 2012
Reputation: 535
Post: #1
Templo perdido localizado na Covoada
Templo perdido localizado na Covoada

[Image: 110603_noticias.jpg]

25 JULHO, 2014

O historiador José de Mello, coordenador da Biblioteca Municipal Ernesto do Canto (BMEC), descobriu, numa zona da Covoada, que antes integrava a freguesia da Relva, um templo perdido que se supõe datar dos séculos XVI ou XVII.

A descoberta foi hoje anunciada numa conferência realizada na BMEC pelo próprio historiador, na qual participaram cerca de duas dezenas de pessoas e em que marcou presença o Presidente da Câmara de Ponta Delgada, José Manuel Bolieiro, que se fez acompanhar pelo Vice-Presidente, Fernando Marques Fernandes, que tem a tutela da Biblioteca Municipal.

Os trabalhos que levaram à descoberta deste património arqueológico de grande interesse histórico para Ponta Delgada tiveram início em outubro de 2013, mas só em novembro foi realizada a primeira visita ao local, altura em que o historiador se fez acompanhar pelo fotógrafo Orlando Medeiros, que fez o registo de todos os passos dados até ao momento.

O templo está localizado a 600 metros de altitude, num terreno privado a cerca de 3,5 Km da costa marítima. O terreno é propriedade de um jovem agricultor dos Arrifes. Todos os trabalhos realizados até ao momento tiveram sempre o apoio do proprietário e a colaboração das Juntas de Freguesia da Covoada e Relva, além da Câmara de Ponta Delgada.

Trata-se de um estrutura de grandes dimensões, situada num vale, com vigas de grande envergadura, no qual se encontra um espaço religioso. A fachada é austera e simples, sem qualquer ornamento, ali existindo apelas a Cruz de Caravaco.

Toda a área está coberta por uma intensa vegetação de fetos, criptomérias, conteiras, entre muitos outros.

Supõe-se ser este o único Ermético do género existente na ilha de São Miguel e até mesmo nos Açores. O interior da ermida tem cerca de 15 metros quadrados e um arco com altar, sendo que não existe nenhuma abertura além da porta virada a nascente. O teto do templo é em abóbora de berço ou de canudo, existindo na parede norte uma pequena copa.
O templo, que já está registado e cadastrado, tem ainda uma zona de refeições e pátio, este último estendido como se de uma claustro se tratasse. A mesa encontrada tem inscritos alguns símbolos, como a cruz e uma circunferência.

Não há informação relativa à data da estrutura, nem sobre quem a terá mandado construir. José de Mello disse na conferência estranhar que “esta construção tenha permanecido em silêncio durante vários séculos”, mesmo sendo do conhecimento de um grupo reduzido de pessoas
A estrutura não está referenciada nas páginas da História dos Açores, mas, aparentemente, está ligada à Câmara de Ponta Delgada, uma vez que lá podem ser encontradas, numa pedra, as Armas do Município com a data de 1624.

A dúvida reside em saber se essa data se refere à construção do complexo ou das estruturas de captação de água na nascente ali existe.
Também se encontra no local as letras IHS (Jesus Hominum Salvator).
José de Mello acredita que estejamos perante um lugar cenobita, provavelmente de origem castelhana.

“Este complexo poderá ter sido construído entre o século XVI e XVII como casa de acolhimento de um reduzido grupo de indivíduos que levavam uma vida isolada do mundo e em contacto com a natureza” – adiantou o historiador.

De referir que, no local, existem ainda duas cavernas com 15 metros de profundidade, situadas a norte do pátio onde estão as colunatas.

http://www.radioatlantida.net/templo-per...os-arrifes


Localização: https://www.google.pt/maps/place/9500+Co...1853a2bfd2

[Image: m8Qubx3.jpg]

Jeff Hanneman 1964-2013
João Ribas 1965-2014
Lemmy Kilmister 1945-2015
2014 Jul 26 17:23
Like PostLIKE REPLY
The following 1 user Likes Zephyr's post:
Osweo (26-07-2014)


Forum Jump:


User(s) browsing this thread: 1 Guest(s)